• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Trabalhadores de Florianópolis fazem manifestação contra reforma da previdência

Trabalhadores e a direção do Sintrasem estiveram dia 12/5nda Câmara de Vereadores para protestar contra o projeto de Reforma da Previdência, o PLC 1812/2020 que estava pautado na CCJ.

Publicado: 14 Maio, 2020 - 16h07

Escrito por: SINTRASEM

notice

Enquanto trabalhadores do serviço público se colocam na linha de frente do combate ao coronavírus, o prefeito Gean Loureiro, de Florianópolis, prepara mais um “presente” à categoria nessa pandemia: o confisco de 3% do salário. Trabalhadores e a direção do Sintrasem estiveram na terça-feira (12) em frente á da Câmara de Vereadores para protestar contra o projeto de Reforma da Previdência, o PLC 1812/2020 que estava pautado na CCJ.

Para respeitar o afastamento social e também mostrar que a categoria tem uma longa história de luta, foram feitos varais com fotos de batalhas marcantes que encaramos ao longo da trajetória do sindicato.

As imagens representam toda a categoria que, neste momento, não pode se manifestar nas ruas – como sempre fizeram e continuarão fazendo.

O vereador Renato da Farmácia leu seu relatório e retirou o regime de urgência, sob pressão dentro e fora da Casa, e o projeto ainda teve dois pedidos de vista. A previsão é que volte à pauta da Comissão na semana que vem.

A reforma da Previdência no âmbito municipal segue os passos da reforma nacional aprovada pelo governo Bolsonaro, que ataca o direito da classe trabalhadora à aposentadoria.

O Sintrasem convoca a categoria para continuar a pressão nos vereadores, a assinar o abaixo-assinado online e a se manifestar contra o confisco salarial!

 

 ASSINE aqui a petição contra a Reforma da Previdência: https://bit.ly/35NYt7C