• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Joinville promove evento político sobre perspectivas e desafios em 2018

O evento político irá debater o papel das instituições Imprensa, Judiciário e Parlamento no Golpe de Estado em curso.

Publicado: 26 Abril, 2018 - 14h31

Escrito por: Marlon de Souza

A atividade “Luta contra o golpe: perspectivas e desafios em 2018” acontece na próxima sexta-feira (27) e reunirá especialistas: jurista, jornalista, economista, sociólogo e algumas das principais lideranças da esquerda de Santa Catarina.

O golpe em curso no país já ocasionou o impeachment da presidenta Dilma Rousseff sem ter praticado qualquer ato ilícito, subtraiu direitos dos trabalhadores e da população socialmente vulnerável, causou a prisão política do presidente Lula, entregou grandes áreas do Pré-Sal às petrolíferas estrangeiras e avança para desmontar o Sistema Petrobrás com o anúncio da venda de refinarias, dutos e terminais de distribuição e agora privatizar a Eletrobrás. A estratégia contra e o Estado de Exceção, de restauração da democracia e o combate ao processo de destruição da soberania nacional estará no centro do debate. 

A atividade acontece a partir das 18h00, no auditório do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Joinville.

A conferência será composta por Ângela Albino, presidenta da Fundação Maurício Grabois/SC; Marlon de Souza, jornalista especializado em Jornalismo Econômico; Rodrigo Bornhold, jurista e doutor em Direito Social; Paulo Eccel, professor de Direito Processual Civil da Unifebe e ex-prefeito da cidade de Brusque; Wanderley Monteiro, vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Joinville; e Décio Lima, deputado federal (PT/SC), Líder da Oposição no Congresso Nacional e presidente do PT de Santa Catarina.

A atividade é aberta a todos os interessados e é uma realização da Formação da Regional da Micro Norte  da Central Única dos Trabalhadores de Santa Catarina com o Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Joinville/CUT.

carregando