• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Presidenta da CUT-SC convoca trabalhadores para greve nacional em defesa da aposentadoria

Anna Julia Rodrigues ocupou a tribuna da Alesc para denunciar o desmonte da Previdência e convocar os trabalhadores para se unirem aos atos que acontecerão em todas as regiões de Santa Catarina no dia 19 de fevereiro

Publicado: 15 Fevereiro, 2018 - 13h43

Escrito por: Pricila Baade

notice

 

Na manhã desta quinta-feira (15) a presidenta da CUT-SC, Anna Julia Rodrigues, ocupou a tribuna da Alesc para denunciar o desmonte da Previdência e convocar os trabalhadores e trabalhadores para a greve nacional da próxima segunda-feira, 19 de fevereiro, em defesa da aposentadoria.

Durante sua fala, Anna Julia afirmou que as justificativas do governo para defender a reforma são falsas “Não existe déficit. Um claro exemplo é que o governo tem R$ 500 bilhões para cobrar dos grandes devedores e não cobra. A CPI da previdência constatou que, se pegar os últimos 15 anos, o superávit da Previdência chega a R$ 821 bilhões”.

Ela falou ainda sobre a intenção do governo golpista de Michel Temer e seus aliados em entregar a previdência pública para os bancos e o sistema financeiro e levar o povo brasileiro a contribuir com o sistema de previdência privada.

Anna criticou ainda a falsa propaganda de que o desmonte da previdência cortará privilégios “Se antes já era difícil um trabalhador de baixa renda contribuir pelo tempo mínimo para a previdência, com a Reforma Trabalhista e as novas regras para se aposentar será quase impossível. Com o trabalho intermitente, os pobres, principalmente, não conseguirão juntar 15 anos de contribuição para a previdência pública”.

A presidenta da CUT-SC terminou sua fala chamando os trabalhadores para se unirem a greve do dia 19 de fevereiro e mandando um recado para os deputados federais e estaduais e senadores que apoiarem esse golpe contra os trabalhadores: quem votar, não volta!

Em Santa Catarina, municípios de todo o Estado irão se unir a luta contra a Reforma da Previdência. No sul, um ato acontecerá a partir das 8h, em frente à agência do INSS, em Criciúma, e uma mobilização também acontecerá em Araranguá. Em Blumenau, um ato está sendo programado a partir das 15h, em frente a Prefeitura, onde seguirá com uma passeata até o INSS.

Em Chapecó, atos acontecerão durante toda a manhã para defender a previdência pública. A concentração será a partir das 7h, em frente a uma empresa sonegadora do INSS. Em seguida, às 9h, os militantes se encontrarão na Praça Coronel Bertaso, e às 11h o ato será nos Bancos Itaú e Bradesco. Além disso, nos dias 20 e 21 de fevereiro os trabalhadores do campo acamparão em frente ao INSS.

A regional Meio-Oeste também está organizada para defender os direitos dos trabalhadores. Lages fará um ato em frente ao prédio da previdência social, às 14h, e em Caçador uma mobilização acontecerá a partir das 9h, no Largo Caçanjure.

Em Florianópolis, o transporte coletivo ficará paralisado durante todo o dia 19. Os trabalhadores do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Florianópolis (Sintrasem) também irão aderir à greve em defesa da aposentadoria. A partir das 9h, as centrais sindicais e entidades se concentrarão na Praça de Lutas, no centro da capital, e um grande ato acontecerá a partir das 16h, com uma passeata até o INSS.

Além disso, o SINTE/SC está orientando que todos os trabalhadores e trabalhadores da rede estadual de educação paralisem completamente as atividades nas escolas e participem de atos e mobilizações em suas cidades.

Dia 19 é dia de paralisação! Vamos barrar esse golpe contra os trabalhadores! Em defesa da aposentadoria digna para todos!

 

Confira a agenda de lutas de Santa Catarina:

OESTE

São Miguel do Oeste - Ato na praça central contra a reforma da previdência e dos devedores da previdência, às 10h30

Chapecó: concentração às 9h, ato na Praça Coronel Bertaso, e ato nos Bancos Itaú e Bradesco

Xanxerê - ato a partir das 13h30, em frente ao Banco Bradesco

 

SUL

Criciúma: ato a partir das 8h, em frente à agência do INSS

 

MEIO OESTE

Caçador: ato a partir das 9h, no Largo Caçanjure.

Lages: ato em frente ao prédio da previdência social, às 14h

 

VALE

Blumenau: ato a partir das 15h, em frente à Prefeitura

Rio do Sul: ato em frente a agência do INSS, 7h

 

NORTE

Joinville – Concentração na empresa Tupy, às 13h30 e ato na Praça da Bandeira, às 16h

Jaraguá do Sul – Ato em frente à empresa WEG, às 13h

Canoinhas – Ato às 9h, na Praça do Chimarrão

 

FLORIANÓPOLIS

Florianópolis: A partir das 9h concentração na Praça de Lutas e grande ato às 16h

carregando