• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Plataforma das Mulheres CUTistas é entregue para candidatas

O documento foi entregue para candidatas de SC com objetivo de construir o comprometimento das candidaturas com as pautas feministas e das mulheres trabalhadoras

Publicado: 17 Setembro, 2018 - 11h17 | Última modificação: 25 Setembro, 2018 - 16h45

Escrito por: Pricila Baade

notice

Na sexta-feira, 21 de setembro, aconteceu a entrega da Plataforma das Mulheres CUTistas para as Eleições 2018, evento organizado pelo Coletivo Estadual da Mulher Trabalhadora da CUT-SC. Na oportunidade, o documento foi entregue para as candidatas de Santa Catarina, com objetivo de construir o comprometimento dessas candidaturas com as pautas feministas e das mulheres trabalhadoras.  

A plataforma é um conjunto de propostas que objetiva dar voz às pautas das mulheres trabalhadoras neste período singular de debate sobre o projeto de desenvolvimento para o Brasil no contexto eleitoral e pretende ser um guia para debate com as candidaturas comprometidas com a retomada de uma agenda propositiva de políticas públicas para as mulheres.

O evento contou com a participação da vice-presidenta da CUT Brasil, Carmem Foro que falou sobre a importância da plataforma “Nós precisamos lutar para dizer que a classe trabalhadora tem dois sexos e que neste momento as mulheres estão sofrendo mais do que o restante dos trabalhadores. Por isso lançamos a plataforma: para deixar explícito para a sociedade e para as candidatas o que queremos para as mulheres".

Carmen também falou um pouco sobre a atual conjuntura do país, afirmando que a crise que vivemos não é exclusiva do Brasil, mas sim, mundial “Nós não estamos isolados no Brasil vivendo este momento, a crise do capitalismo é uma questão internacional e produziu muita desigualdade, conflito e exploração dos trabalhadores”.

A plataforma aborda quatro eixos: igualdade e não discriminação no trabalho; a violência contra a mulher; políticas de cuidados e de responsabilidades domésticas e familiares compartilhadas; e direitos sexuais e reprodutivos.

 A presidenta da CUT-SC, Anna Julia Rodrigues, reforçou a importância da plataforma e do comprometimento das candidatas com as pautas feministas e das mulheres trabalhadoras “Essa plataforma traz o que nós defendemos: a igualdade de oportunidades, mais direitos e políticas públicas para as mulheres e mais representação feminina na política. Eu tenho certeza que as candidatas que estão aqui hoje irão defender as nossas pautas na Assembleia Legislativa, na Câmara e no Senado”.

 

 

 Confira a Plataforma das Mulheres CUTistas para eleição 2018:

carregando
carregando