• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Nota em solidariedade aos militantes presos em Porto Alegre

A CUT-SC se solidariza com os 26 companheiros e companheiras que foram detidos no dia 24 de janeiro após mais um caso de abuso de poder da polícia contra os militantes que defendiam Lula em Porto Alegre.

Publicado: 26 Janeiro, 2018 - 14h38

Escrito por: Direção da CUT-SC

notice

Solidarizemo-nos com os 26 companheiros e companheiras que foram detidos nm dia 24 de janeiro após mais um caso de abuso de poder da polícia contra os militantes que defendiam Lula em Porto Alegre. Jovens, militantes do Levante Popular da Juventude, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST e do Mídia Ninja foram presos por uma ação arbitrária pela Brigada Policial de Porto Alegre.

A criminalização dos movimentos sociais e da luta é um dos pilares do golpe contra a democracia e ao povo brasileiro, na tentativa de repreender e amedrontar aqueles que se unem contra os retrocessos nos direitos da classe trabalhadora.

16 militantes sociais ficaram mais de dez horas incomunicáveis dentro de um ônibus e outras dez horas detidos em dois presídios gaúchos, até que o  juiz da Primeira Vara do Foro Central, Volnei dos Santos Coelho, expediu um alvará de soltura, atendendo o pedido de dez advogados populares. Diversas manifestações foram feitas em todo o país em defesa dos jovens e contra prisões abusivas características de um Estado de Exceção.

Vamos resistir contra o golpe e não aceitaremos a criminalização de quem luta por seus direitos. Lutar não é crime!

 

Direção CUT-SC

carregando