• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

MP 936 atende interesse dos empresários e sacrifica trabalhadores

A Medida Provisória (MP) nº 936/2020, publicada por Bolsonaro nesta quinta-feira (2), é mais uma ação para sacrificar os trabalhadores e atender os interesses dos empresários.

Publicado: 03 Abril, 2020 - 14h51

Escrito por: Pricila Baade

notice

A Medida Provisória (MP) nº 936/2020, publicada por Bolsonaro nesta quinta-feira (2), é mais uma ação para sacrificar os trabalhadores e atender os interesses dos empresários.

Bolsonaro faz discurso que está preocupado com a situação dos trabalhadores em meio à pandemia, mas ao mesmo tempo anuncia uma MP que autoriza redução de jornada e salários e não protege o emprego e os direitos, limitando a garantia de estabilidade apenas para os trabalhadores que entrarem no programa emergencial.

Enquanto as medidas anunciadas para os empresários são isenção de impostos e facilidade para empréstimos e financiamento, para os trabalhadores as ações do governo os obrigam a escolher entre empregos sem direitos e com salários miseráveis ou o desemprego. A MP 936 deixa os trabalhadores à mercê das vontades do patrão, porque permite a negociação individual, sem a presença do sindicato.

A realidade para os trabalhadores já é muito cruel mesmo antes da MP ser anunciada. Os empresários desde o início da pandemia, usam o vírus como desculpa para demitir, tirar direitos e reduzir salários. Santa Catarina é grande exemplo para isso. Mesmo antes do anúncio das medidas do governo, os catarinenses estão recebendo a visita dos patrões em casa para assinar acordos de redução de salários e de jornada ou ainda pior: a carta de demissão.

Um levantamento feito pelo Sebrae/SC e divulgada esta semana estimou que durante as duas primeiras semanas do isolamento social, 148 mil trabalhadores perderam o emprego no Estado, elevando a taxa de desemprego de SC de 5,8% (dado do IBGE do terceiro trimestre de 2019 ) para 9%. A pergunta é: será que as demissões são realmente consequência da pandemia ou apenas resultado da falta de bom senso dos empresários em fazer um mínimo de esforço para manter os empregos de seus funcionários?

Confira o vídeo da presidenta da CUT-SC sobre a posição da central sobre a MP 936: