• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Menos de 24 horas – Após acordo, terminou a greve dos trabalhadores do Dom Joaquim de Sombrio

Após acordo com a direção, os trabalhadores do Hospital Dom Joaquim de Sombrio, voltaram as atividades com menos de um dia de paralisação

Publicado: 03 Março, 2017 - 17h04

Escrito por: Maristela Benedet

Na reunião do Isev com a direção do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Saúde de Criciúma e Região - Sindisaúde ontem a tarde dia 2 de março, os funcionários aceitaram receber os atrasados de forma parcelada: O pagamento integral do 13º, férias de dezembro e salário de dezembro foi depositado; o salário de janeiro será repassado integral até dia 20 de março, mais 50% da folha de fevereiro e as férias referentes a janeiro e fevereiro.

Já no dia 10 de abril, vai ser quitado 50% dos salários de fevereiro e o salário integral de março. Conforme a vice-presidente do Sindisaúde, Zenair Cauduro, ficou garantida ainda a estabilidade de 90 dias para todos os trabalhadores. A greve foi deflagrada as zero hora desta quinta-feira devido ao atrasos de três meses dos salário e férias dos 28 profissionais da instituição.

O total da folha chega a R$ 83 mil com os médicos incluídos. A instituição efetua cerca de 2000 atendimentos mês no pronto-socorro e internação. Ao todos 50 mil pessoas dependem do hospital em três municípios do extremo sul: Sombrio, Santa Rosa e Balneário Gaivota.

carregando