• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Greve nos hospitais e cancelada por força de interdito

Por hora, a greve nos hospitais de Criciúma e região, programada para iniciar hoje (27), está cancelada por um interdito proibitório preventivo garantido na justiça

Publicado: 27 Novembro, 2017 - 09h48

Escrito por: Maristela Benedet

Por hora, a greve nos hospitais de Criciúma e região, programada para iniciar hoje (27), está cancelada. Um interdito proibitório preventivo garantido na justiça pelo Sindicato Patronal inibe a presença do Sindicato dos Trabalhadores em Estabecimentos de Saúde de Criciúma e regiao ( SINDISAUDE) nas instituições antes mesmo  de começar o protesto.

Segundo o advogado do Sindicato, Ivan Bitencourt, a decisão da justiça foi além do pedido dos patrões: " Ela estipula percentuais que fazem a greve sem efeito por limitar a participação dos trabalhadores, uma vez que determina que o sindicato se afaste mil metros  do movimento de greve, quando os patrões só haviam pedido 200 metros e, ainda estipula uma multa de R$ 40 mil por dia caso sejam descumpridas as medidas inviabilizando o direito constitucional de greve," analisa  Ivan.

Para o presidente do Sindisaude, João Martins Estevam, apesar do cancelamento em função do interdito favorável aos patrões e contra os trabalhadores o sindicato não irá abrir mão dos direitos conquistados com muitas lutas: vamos acatar a decisão neste momento para evitar prejuízos a categoria e, acionar o Ministério Público do Trabalho para voltar a negociar com a participação deles evitando prejudicar aos trabalhadores" disse o  presidente.

carregando