• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Frigotto palestra sobre desafios para a formação da classe trabalhadora

Na última sexta-feira (17), Gaudêncio Frigotto, professor da UERJ, esteve em Florianópolis para palestrar sobre o tema “Conjuntura de Trabalho e Educação: os desafios para a formação da classe trabalhadora"

Publicado: 21 Agosto, 2018 - 10h17

Escrito por: Pricila Baade

notice

Na última sexta-feira (17), Gaudêncio Frigotto, professor do Programa de Pós Graduação de Políticas Públicas e Formação Humana da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), esteve em Florianópolis para dar uma palestra com o tema “Conjuntura de Trabalho e Educação: os desafios para a formação da classe trabalhadora”. A atividade foi promovida pela Escola Sindical Sul, em parceria com a UDESC e a Escola de Turismo e Hotelaria.

Durante a palestra, Frigotto falou sobre os retrocessos que aconteceram após o golpe no Brasil, citando a reforma trabalhista, o congelamento dos gastos públicos por 20 anos e a reforma do Ensino Médio.  “O principal desafio da educação é entender quem é que paga essa conta. O congelamento dos gastos significa que todos os direitos universais da população, como saúde, educação, transporte e trabalho estão perdidos e toda uma geração vai pagar o preço disso. Com a reforma trabalhista, as leis trabalhistas regrediram para o século 19 e a Reforma do Ensino Médio é uma forma de interditar o futuro dos jovens.”.

Mas para o professor Gaudêncio esse período de retrocessos pode ser interrompido com o envolvimento de toda a população  “Esse ciclo pode ter fim se o povo assumir a rédea. O sociólogo Florestan Fernandes falava sempre algo que é muito importante para as lideranças neste momento: nós não devemos lutar pelo povo, nós devemos estar junto ao povo para que ele adquira o quanto antes os conhecimentos pra revolução que é preciso fazer”.

Sobre o palestrante

Gaudêncio Frigotto é graduado e bacharel em Filosofia pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - Unijuí, graduado em Pedagogia pela Unijuí, mestre em Administração de Sistemas Educacionais pela Fundação Getulio Vargas do Rio de Janeiro e doutor em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC-SP. Atualmente é professor do Programa de Pós Graduação de Políticas Públicas e Formação Humana da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). É pesquisador 1A - Sênior do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

 

carregando