• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Empresa do grupo JBS de São José acusada de falsificar documentos de trabalhador

A empresa Seara Alimentos, de São José, antiga Macedo Alimentos, está sendo investigada pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal de Santa Catarina por falsificação de documentos de trabalhadores

Publicado: 06 Dezembro, 2018 - 09h51

Escrito por: CUT-SC

notice

A empresa Seara Alimentos, de São José, antiga Macedo Alimentos, está sendo investigada pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal de Santa Catarina por falsificação de documentos de trabalhadores  em processos trabalhistas. A denúncia foi feita pela ex-funcionária Maiara Nunes de Oliveira, que entrou com uma ação trabalhista contra a empresa.

Maiara alega não reconhecer as assinaturas que supostamente deveriam pertencer a ela e que aparecem em diversos documentos da empresa. Os documentos foram manipulados para a empresa não arcar com direitos trabalhistas da ex-funcionária. A empresa pode ser criminalizada por estelionato, frustração de direito assegurado por lei trabalhista, falsificação de documento público, falsificação de documento particular e falsidade ideológica.

Segundo informações, o crime parece ser rotineiro nos processos trabalhistas dessa unidade da JBS. Por isso, outros ex-funcionários formalizarão a mesma denúncia aos órgãos federais.  O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação faz um alerta para que todos ex-funcionários da JBS no Brasil entrem com ações trabalhistas contra esse grupo empresarial em casos semelhantes a esse.

 

carregando
carregando