• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Direitos dos Trabalhadores em Risco

Saiba mais informações sobre os projetos que tramitam no Congresso, mobilize a sua turma e ajude a construir a greve geral contra a retirada de direitos

Publicado: 29 Julho, 2016 - 16h59

Escrito por: Sílvia Medeiros

notice

Se já não bastasse os mais de 60 projetos que tramitam no Congresso Nacional e que preveem a retirada de direitos sociais, o presidente interino e golpista, Michel Temer, em seus quase três meses à frente da Presidência da República, já deu velocidade para diversos projetos que estavam parados e que sofriam pressão por parte dos trabalhadores/as para serem retirados de votação.

Projetos como a liberação da terceirização sem limites, o negociado acima do legislado e até uma Reforma da Previdência ganharam respaldo do atual presidente golpista e podem ser votados a qualquer momento.

Para reagir a essa grande tentativa conservadora, que pretende retirar direitos dos trabalhadores, a CUT-SC está organizando todas as suas entidades filiadas para mobilizar os seus trabalhadores e trabalhadoras para a organização de uma grande greve geral.

Através de panfletagens, com um informativo que trata das principais tentativas de retirada de direito, a central catarinense vai dialogar com a população do estado, a fim de mostrar o grande risco que corre os direitos sociais, em especial, os direitos dos/as trabalhadores/as.

Além disso, a CUT-SC em conjunto com as entidades que compõem a Frente Brasil Popular, vão realizar nas próximas semanas, Plenárias regionais para debater a construção de uma greve geral, a fim de mostrar a força da classe trabalhadora e a resistência contra a retirada de direitos.

Quer saber mais?

Acesse aqui um Manual, produzido pela CUT-DF, em que detalha os projetos que tramitam no Congresso Nacional e retiram direitos do povo

Acesse aqui a Cartilha, produzida pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, que detalha os prejuízos da Reforma da Previdência aos Trabalhadores

Acesse aqui o Jornal da CUT-SC, que apresenta as principais retiradas de direitos dos/as trabalhadores/as

 
carregando