• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

CUT-SC repudia atitude homofóbica de prefeito de Criciúma

Prefeito Clésio Salvaro (PSDB) aunciou a exoneração de um professor da rede municipal de ensino após o docente exibir aos alunos ‘Etérea’, clipe de temática LGBTQIA+ do músico Criolo

Publicado: 27 Agosto, 2021 - 12h47

Escrito por: CUT-SC

Youtube/Reprodução
notice

A CUT-SC vem a público repudiar a atitude homofóbica do prefeito de Criciúma (SC), Clésio Salvaro (PSDB), que anunciou a exoneração de um professor da rede municipal de ensino após o docente exibir aos alunos ‘Etérea’, clipe de temática LGBTQIA+ do músico Criolo. Em um vídeo divulgado nas redes sociais o prefeito chamou o clipe de "viadagem" e pediu para que os pais denunciassem se atividades como essas ocorressem nas escolas em que seus filhos estudam.

Não podemos aceitar que qualquer tipo de atitude que reproduza o preconceito, a intolerância e a homofobia ocorram em qualquer espaço, ainda mais vindo de uma liderança eleita para governar um município. Desde 13 de junho de 2019, o Supremo Tribunal Federal (STF) considera que a homofobia é crime, equiparando as penas por ofensas a homossexuais e a transexuais às previstas na lei contra o racismo. Além de promover a homofobia, o prefeito  ainda pratica e incentiva a censura dentro da sala de aula.

A CUT-SC sempre defendeu o respeito a todos, independentemente de orientação sexual, sexo ou etnia, e lutamos em defesa da liberdade de expressão em sala de aula.

Nos solidarizamos ao professor pela perseguição, exigimos o docente seja readmitdo e que o prefeito Clésio seja punido.