• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Com papel higiênico, trabalhadores do Hospital São João protestam contra assédio moral

Há alguns meses diversos trabalhadores vem denunciando na entidade a prática de assédio moral pelo administrador do hospital

Publicado: 08 Novembro, 2017 - 13h06

Escrito por: Maristela Benedet

Com barraca e faixas “decoradas” com papel higiênico os trabalhadores do Hospital São João Batista de Criciúma protestaram hoje (07) pela manhã em frente à instituição contra o assédio moral.

Conforme o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Saúde de Criciúma e região (Sindisaúde), João Martins Estevam há alguns meses diversos trabalhadores vem denunciando na entidade a prática de assédio moral pelo administrador do hospital: “Ele se dirige de forma cotidiana aos profissionais afirmando que o  pagamento de salário efetuado para os trabalhadores não vale o papel higiênico utilizado dentro da casa dele. Uma total falta de respeito a estes profissionais que chegam muitas vezes humilhados e chorando até nós”, critica João.

Próximo ao meio dia, a direção do Sindicato foi chamada pelo hospital para uma reunião onde teve a garantia da presidência da entidade que o lamentável fato não irá mais ocorrer. “Estaremos atento, se recebermos mais denúncias ampliaremos as mobilizações em outros momentos”, disse o sindicalista.

carregando