• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Bancários rejeitam proposta dos bancos

Apesar da forte chuva que caiu no final da tarde em Florianópolis bancários lotaram o auditório do Sindicato.

Publicado: 09 Agosto, 2018 - 10h05

Escrito por: SEEB Floripa

notice

Nesta quarta-feira, 8, bancários de Florianópolis e Região deliberaram sobre a proposta apresentada pelos banqueiros e participação nas atividades do dia do basta. A categoria deu um enfático não para a proposta que apenas cobre a inflação medida pelo INPC para salários, pisos e demais verbas, como PLR, VA, VR, auxílio-creche/babá. Em assembleia com boa participação, os trabalhadores de bancos privados e públicos rejeitaram a proposta da Fenaban por unanimidade.

Mesmo em meio a uma das maiores crises econômicas já atravessadas pelo país, que resulta em mais de 12 milhões de desempregados, os bancos seguem registrando recordes de lucros e promovendo demissões. Por isso, essa proposta que não garante os empregos dos trabalhadores, não oferece nem um centavo de aumento real e não dá resposta a outras reivindicações é inaceitável, segundo avaliação dos bancários.

O que a Fenaban apresentou na última rodada de negociação, na terça-feira 7, tampouco contempla reivindicações importantes, como a não substituição de bancários por terceirizados, a não adoção das novas formas de contratação previstas na reforma trabalhista e o combate às metas abusivas que adoecem grande número de trabalhadores.

Dia do Basta‭ 

‬A assembleia também decidiu pela participação da categoria nos atos e paralisações da sexta-feira 10‭ ‬de agosto‭, ‬o Dia do Basta‭, ‬convocado pelas centrais sindicais e pelos movimentos sociais‭, ‬contra os retrocessos, ‬como a reforma trabalhista‭, ‬o aumento dos combustíveis‭, ‬a entrega do patrimônio nacional e o desmonte das empresas públicas‭, ‬o desemprego‭, ‬crescimento da miséria e cortes nas verbas da saúde e educação‭. Os bancários decidiram paralisar as atividades na sexta-feira, dia 10, até ao meio dia.

carregando