• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Bancários de Criciúma protestam contra demissão no Santander

Um protesto está sendo realizado pelo Sindicato dos Bancários de Criciúma e Região em frente à agência com uma faixa agora pela manhã

Publicado: 23 Junho, 2020 - 12h00

Escrito por: Maristela Benedet

notice

Em plena Pandemia e com lucro de R$ 14,5 bilhões em 2019, o banco Santander demitiu uma funcionária da agência Santander/Real de Criciúma na segunda-feira, dia 22 de junho. Um protesto está sendo realizado pelo Sindicato dos Bancários de Criciúma e Região em frente à agência com uma faixa agora pela manhã. “As demissões acontecem em todo o país, mesmo após o banco ter assumido compromisso com os sindicatos de que não demitiria funcionários durante pandemia do Covid 19”, explica a presidente do Sindicato, Dirceia de Mello Locatelli.

Eles anunciaram dia 24 de março que não efetuariam nenhum desligamento durante a pandemia. “A preservação do emprego foi uma reivindicação apresentada pelo movimento sindical aos bancos, em função da propagação da doença causada pelo novo coronavírus”, destacou a presidente. Os protestos acontecem em várias regiões do país para denunciar as cobranças de metas inatingíveis e a demissão dos funcionários.