• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Assembleia unificada organizará luta contra ataques ao serviço público em SC

Os trabalhadores e trabalhadoras do serviço público municipal, estadual e federal de Santa Catarina se reunirão nesta quarta-feira, 4 de dezembro, na Praça Tancredo Neves, em Florianópolis

Publicado: 03 Dezembro, 2019 - 13h59 | Última modificação: 03 Dezembro, 2019 - 15h47

Escrito por: CUT-SC

notice

Os trabalhadores e trabalhadoras do serviço público municipal, estadual e federal de Santa Catarina se reunirão nesta quarta-feira, 4 de dezembro, para uma assembleia unificada para discutir e planejar a luta contra as PECs encomendas por Bolsonaro e Guedes para destruir o serviço público brasileiro. A assembleia acontecerá a partir das 13h30, na Praça Tancredo Neves, em Florianópolis.

A assembleia faz parte do calendário de lutas construída em um seminário unificado promovido no dia 21 de novembro com a participação de mais de 30 entidades, entre sindicatos e centrais.

A participação da assembleia e das outras agendas construídas em defesa do serviço público foi aprovada durante o 13º CECUT para fazer parte do plano de lutas “Precisamos da unidade de todos os trabalhadores e trabalhadoras para conseguir barrar todas as PECs que Bolsonaro apresentou que atacam o serviço público. Este governo tem o projeto de destruir o Brasil, privatizando as nossas estatais, e acabar com os direitos dos trabalhadores do serviço público. Para nós, da CUT-SC, a defesa do serviço público é uma de nossas pautas prioritárias e, por isso, convocamos todos os CUTIstas para se unirem a esta luta”

A assembleia tem o objetivo de barrar principalmente as PECs 186, 187 e 188/2019, que preveem uma série de ataques como privatizações, congelamentos e redução de salários de servidores públicos, fim da estabilidade no serviço público, fim dos gastos constitucionais mínimos com saúde e educação, proibição de concurso público e do pagamento do plano de carreira, entre outros.