• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

15 dos 16 deputados de SC votaram para acabar com a aposentadoria do povo

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira (10) em primeiro turno o texto base da reforma da Previdência. Dos deputados catarinenses, só Pedro Uczai (PT) votou contra o projeto

Publicado: 11 Julho, 2019 - 12h51 | Última modificação: 11 Julho, 2019 - 13h41

Escrito por: Pricila Baade

notice

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira (10) em primeiro turno o texto base da reforma da Previdência, segundo relatório do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP). Dos 16 deputados federais de Santa Catarina, apenas Pedro Uczai, do Partido dos Trabalhadores (PT), votou contra o projeto. Agora, o projeto vai a votação em segundo turno e depois segue para o Senado.

Para a presidenta da CUT-SC, Anna Julia Rodrigues, a tarefa do movimento sindical agora é continuar pressionando os parlamentares a votarem contra a reforma e denunciar quem foram os deputados que apoiaram para acabar com a aposentadoria dos trabalhadores e trabalhadores “Esta reforma acaba com o direito de milhões de brasileiros e brasileiros se aposentarem, destrói a previdência pública e tem o objetivo única de beneficiar os banqueiros e os empresários. Precisamos estampar as caras de todos os traidores do povo, que venderam o seu voto para acabar com a aposentadoria”.

A votação a favor do governo e contra o trabalhador, que quer ter o direito de se aposentar dignamente, animou o presidente da casa, Rodrigo Maia (DEM), que já afirmou que o objetivo é votar o segundo turno ainda esta semana, já que a partir do dia 18 de julho vai começar o recesso parlamentar.

O governo liberou mais de R$ 2,5 bilhões em emendas parlamentares distribuídas cirurgicamente para beneficiar os deputados aliados para que eles votassem a favor da reforma, segundo apuração da ONG Contas abertas e dados oficiais. “É lamentável que com exceção do deputado Pedro Uczai, todos os 15 deputados catarinenses que foram eleitos para defender o povo estão trabalhando apenas em benefício próprios e dos ricos. Nós vamos denunciar o nome de cada um deles para que os trabalhadores não esqueçam quem foram os traidores dos direitos do povo”.

A tarefa do movimento sindical agora é colocar ainda mais pressão nos deputados federais para tentar reverter o voto de alguns agora no segundo turno e, principalmente, nos senadores.

Veja como votou cada deputado/a de Santa Catarina:

Angela Amin (PP) – SIM

Carlos Chiodini (MDB) - SIM

Carmen Zanotto (Cidadania) - SIM

Caroline De Toni (PSL) - SIM

Celso Maldaner (MDB) - SIM

Coronel Armando (PSL) - SIM

Daniel Freitas (PSL) - SIM

Darci De Matos (PSD) - SIM

Fabio Schiochet (PSL) - SIM

Geovania De Sá (PSDB) - SIM

Gilson Marques (Novo) - SIM

Hélio Costa (PRB) - SIM

Pedro Uczai (PT) - NÃO

Rodrigo Coelho (PSB) - SIM

Rogério Peninha Mendonça (MDB) - SIM